sexta-feira, 23 de março de 2018

A VARANDA E AS PROCISSÕES - um olhar de ler e saber


Na imagem vemos uma procissão a decorrer pelas ruas de uma cidade, pois os andores ricamente decorados, com os seus santos devotos, denotam essa tradição que faz parte do património cultural do nosso povo.
     Nas aldeias, como vemos na imagem ao lado, essa tradição é mais profunda e, nos dias de festa, sempre que o Senhor, os santos padroeiros saem à rua para o povo os adorar, as pessoas embelezam as suas varandas com as melhores colchas que têm no seu bragal, em sinal de respeito, como uma forma de lhes agradecer das graças ou não concedidas ao longo do ano.
     Tanto nas cidades, como nas aldeias, as pessoas procuram as varandas para assistirem a eventos, às procissões, a casamentos. Os casamentos reais são a prova viva disso, pois todas as varandas, janela, terraços que tenham vista privilegiada para o palácio real, estão todas alugadas a pessoas, a jornalista e demais pessoas.

Salete Valente




Sem comentários:

Publicar um comentário