quinta-feira, 22 de março de 2018

FLORES À VARANDA - um olhar de ler e saber

 Desde sempre e ainda hoje a varanda é um elemento constitutivo da casa muito importante. Raras são as casas, de construção antiga ou moderna, que não tenham uma varanda.
A casa que vemos na imagem é, sem dúvida, uma casa antiga, pelos materiais utilizados: pedra rústica, azulejo ricamente trabalhado e madeira nas janelas. O estilo da casa justifica o tipo de varanda escolhida: trabalhado de estilo Barroco, em ferro fundido, com um trabalho de difícil execução.
O estilo da varanda, em conformidade com o da casa, é talvez revelador do status do proprietário. Muitas vezes, o designe escolhido é uma opção do artista que vê nestes trabalhos uma forma de mostrar a sua arte, o seu engenho, a sua criatividade.
O ramo ao meio da varanda está, na minha opinião, descontextualizado, porque o trabalhado da varanda e dos azulejos dispensa mais adornos. Era preferível colocar uma floreira rasteira.

Salete Valente


        Desde sempre que as casas tiveram a varanda como um elemento “obrigatório” na sua construção, sendo a continuidade de uma outra parte da casa, seja o quarto, a cozinha, a sala de estar, de jantar, e para vários fins: um “pequeno jardim” com flores, estendal para secar roupa, conversar com o vizinho, ver quem passa na rua, uma espécie de “despensa” para guardar utensílios, entre outras funções.
      Eu, pessoalmente, não gosto de ver as varandas com cordas cheias de roupa a secar, mas sim repletas de flores coloridas, de várias espécies, um verdadeiro jardim! Esta varanda desta casa moderna, tendo em conta que as portas e as janelas são em PVC,  embora coberta pelas flores, é trabalhada e em ferro fundido. Este colorido e a beleza da varanda fez-me lembrar as varandas de Alsace-Franca, com as suas ruas estreitas, mas muito floridas – “Les Villes Fleuries”.
Beatriz Gonçalves

Na imagem, provavelmente, uma casa alentejana, ou algarvia, pela combinação das cores das casas caiadas, a azul e branco ou amarelo. A floreira em frente à janela dá-lhe uma beleza única, pela combinação da heradeira e dos amores-perfeitos. A casa até pode ser simples, humilde, sem grandes atrativos, mas o arranjo de flores dá-lhe um toque especial. Eu acho que, todas as casas, sejam elas típicas ou não, com ou sem varandas, deveriam ser ornamentadas com flores, porque estas embelezam-nas e dão ânimo, cor à nossa vida. Pessoalmente, não gosto de ver as varandas com cordas e roupa a secar. Acho que as câmaras e as juntas de freguesia deveriam promover um concurso da melhor decoração da janela ou da varanda.

                                                                                    António Silva, 7º E

Sem comentários:

Publicar um comentário